La mia stanchezza mi rattrista. Ma la tristezza mi rafforza, mi fa pensare alla passeggiata. Nella fatica la mia anima si riprende.  E al limite delle mie forze  capisco il significato del dolore. Nella tristezza, faccio versi con i miei errori, e il tempo passa, lo spirito impara, la volontà matura, e quella sensazione, capisco, che io chiamo tristezza, si rivela come volontà di potere.

Leonardo Amorim

______________

O meu cansaço me entristece. Mas a tristeza me fortalece, me faz pensar na caminhada. Na fadiga a minha alma retoma. E no limite de minhas forças, entendo o significado da dor. Na tristeza, faço versos com meus erros, e o tempo passa, o espírito aprende, a vontade amadurece, e aquela sensação, penso, que eu chamava de tristeza, se revela como vontade de poder (vontade de potência).

Comentar pelo Facebook

Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.