As fases da vida…

Quando eu era menino, vivia como menino, fazia xixi na cama e era comunista.

Chegou a juventude e Stalin me decepcionou, logo virei socialista (eufemismo para comunista envergonhado).

Logo mais à frente, vi que o mercado era necessário, então virei “social-democrata” (eufemismo para socialista com medo de sair do armário)

Passei dos 30 anos e percebi que era marionete de Gramsci e Frankfurt, achei que resolvia virando liberal em economia.

Foi aí que surgiu um livro do Mises em uma biblioteca, obra negada em anos de faculdade de economia, e caminhei para o libertarianismo austríaco.

Passei dos 40 anos e me descobri como conservador.

Alguns envelhecem, enquanto outros preferem uma eterna adolescência.

Comentar pelo Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *