“Vivemos no mundo da pós-verdade, onde os discursos são levados mais a sério que os fatos. Em uma sociedade assim, o hábito da leitura contínua, diversificada e qualificada, é um ato de liberdade que pode ser inconveniente a quem prefere viver no conforto das ideias, sem confronta-las com a realidade.”

(Leonardo Amorim, 01/02/2020 18h50)

As obras:

1. História do Pensamento Cristão.

História. História da Filosofia. História da Teologia. De Paul Tillich (Alemanha, 1886-1965).

————-

2. 1984

Romance. De George Orwell, pseudônimo de Erick Arthur Blair (Índia, 1903-1950)

————-

3. Mussolini: Il primo fascista.

História. Fascismo. Mussolini. De Hans Woller (Alemanha, 1952)

————-

4. O imbecil coletivo: atualidades inculturais brasileiras.

Ensaio brasileiro. De Olavo Luiz Pimentel de Carvalho (Brasil, 1947)

————-

5. Os erros fatais do socialismo. Por que a teoria não funciona na prática.

Economia. Política. Filosofia. De Friedrich August von Hayek (Áustria, 1899-1992)

————-

Comentar pelo Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *