Petistas e bolsonaristas são dois irmãos briguentos, separados na infância… Filhos de uma mesma visão de mundo, coletivista e autoritária.

Referências bibliográficas:

1. Il Primo Fascista, de Hans Woller (Alemanha, 1952). Edição em italiano (2018)
2. Sul Fascismo, de Antonio Gramsci* e colaboradores (Itália, *1891-1937) Edição em italiano (1924)
3. Fascismo Eterno, de Umberto Eco (Itália, 1932-2016) Edição em italiano (1997, Ed 2017)
4. O Caminho da Servidão, de F. A. Hayek (Áustria, 1899-1992) Edição em português (2010)

Comentar pelo Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *