Dia D

Foi em 6 de junho de 1944, há 76 anos. A maior invasão militar por mar, na Normandia, registrada na história. Uma coalizão contra o NACIONAL SOCIALISMO ou “nazismo” de Hitler e asseclas, como Mussolini e o fascismo. Foi o início da virada contra a Alemanha e o maligno eixo completado por Itália e Japão. […]

Read more

Leitura 04/04/2020

1. Discurso do método. Regras para a direção do espírito. Filosofia. Método científico. De René Descartes (França, 1596-1650) 2. A Teoria Geral do Emprego, do Juro e da Moeda Economia. De John Maynard Keynes (Reino Unido,1883-1946)

Read more

Leitura 15/02/2020

Sessão leitura. Skin in the Game: Hidden Asymmetries in Daily Life. Língua inglesa. Em Kindle. Título em português disponível : Arriscando a própria pele: Assimetrias ocultas no cotidiano Filosofia, Matemática. Mercado de ações. Investimentos. De Nassim Nicholas Taleb (1960, Líbano). —————– Outras obras do autor: 1997. Dynamic Hedging: Managing Vanilla and Exotic Options 2004. Iludido […]

Read more

Laissez faire contábil

Profissionais de serviços contábeis e de TI estão acostumados no Brasil, por décadas, a viverem de ofertar serviços que apenas são contratados por causa de uma cultura de coerção e ameaças que o estado impõe aos empresários. Vivo neste mercado há quase 30 anos e o que mais observo é um ambiente de narrativas e […]

Read more

Notas sobre o socialismo

A definição para o termo “socialismo” neste texto pode ser um pouco controversa em uma visão liberal ou até mesmo hayekiana [1], talvez seja melhor compreendido por um viés miseano ou austro-libertário. Para o lado canhoto cosmológico, no último ciclo recessivo brasileiro (2015-2017), o Liberalismo Clássico, a Escola Austríaca e a Escola de Chicago “saíram […]

Read more

Notas sobre fascismo

Nada me parece ser mais irônico do que ser chamado de “fascista” por argumentar favoravelmente à extinção de todo ordenamento regulatório coletivista que concentre no estado poder para interferir nas relações econômicas e nos costumes da sociedade. Pude atestar na pele tal conceito do senso comum, inclusive entre acadêmicos, quando externei um entendimento sobre a […]

Read more

“Cisne Negro”?

Taleb conceitua um “Cisne Negro” [1] como um evento com três características elementares: é imprevisível, tem consequências impactantes e após sua ocorrência, criam-se formas de torná-los menos aleatórios. O “Cisne Negro” mais conhecido (e dramático), para ilustrar o conceito, foi o ataque terrorista de “11 de setembro” nos EUA. As manchas de óleo que vem atingindo […]

Read more

Não sei quase nada…

Não sei quase nada sobre o problema da preservação da Amazônia, certamente, um dos mais complexo da história politica da humanidade. É o tipo de questão que demanda muita leitura, oitivas, conhecimento profundo sobre muitos lados, começando pelos nativos, passando pelos ambientalistas, antropólogos e outros cientistas, muitos que dedicaram a vida inteira para o tema […]

Read more

Marta

Imenso desafio ir a um mercado para oferecer um produto que as pessoas não estão nem um pouco acostumadas a consumir, incluindo ideias pré concebidas, desconfiança generalizada que dificultam a geração de valor de referência na avaliação do que se propõe a fazer. Um produto à sombra de um outro de grande sucesso e que […]

Read more

Não podemos prever

As coisas que não sei? São incontáveis… Minha ignorância está na classe do imensurável. Nem se eu pudesse passar a minha vida inteira na biblioteca do Congresso, em Washington D.C., lendo 24 horas por dia, mudaria essa condição. Isso não quer dizer que buscar o conhecimento é uma coisa vã, pelo contrário! Enquanto busco o […]

Read more

Dissonância e paralaxe cognitiva

  Revisado em 24/02/2019 13h12 Aprendi o significado do “viver o que se ensina” pela dor da indignação, lá pelos idos de 2003-2006 quando notava em alguns professores e alunos do seminário teológico, certas inconsistências. Eram de “mente aberta” abordando com entusiasmo determinados conceitos liberais em sala de aula, mas, tendo oportunidade de vê-los no […]

Read more

“You Get Tired of Being a Slave”

Imagine um contrato de trabalho onde o empregado é um terceirizado, designado para prestar serviços em outro país. Nesta concessão de mão de obra, o trabalhador não pode levar familiares e está terminantemente proibido de fixar residência no local da prestação dos serviços, se assim o desejar, após o término do contrato. Cessando o período […]

Read more

É a escassez…

  Quem já não teve que esperar por meses na fila de consulta para um renomado médico? Pode haver fartura de profissionais de medicina em um livro de um plano de saúde, mas sempre tem aquele especialista, de alta credibilidade, recomendado por muitos e que vive permanentemente com a agenda lotada por indivíduos dispostos a […]

Read more

Sobre a “extinção” do Ministério do Trabalho

  O Ministério do Trabalho (MTb) é uma dessas heranças malditas do fascismo varguista forjado no “Estado Novo”, aquela que foi a maior ditadura da história do Brasil, ignorada como tal por muitos críticos e “intelectuais” do mainstream. O varguismo é muito poderoso no Brasil, como uma paixão que aglutina desde os assumidamente socialistas até […]

Read more

Escritório contábil: atividade em extinção?

  Artigo revisado em 07/11/2018 21h28 O “escritório contábil”, aquela organização que oferta serviços de escrituração baseada no velho e bom método das partidas dobradas, com elaboração de livros diário, razão, demonstrações e análises técnicas dos resultados, está cada vez mais rara. É o que percebo no cotidiano de quase 30 anos trabalhando na oferta […]

Read more

Bolsonaro

  Intervencionismo ingênuo é o que molda a crença que governos podem gerenciar fatores econômicos com relativo êxito, sobretudo tomando (por coerção via sistema tributário) e realocando recursos por meio de subsídios e programas sociais, além de impor “regulações” no mercado. Friedrich August von Hayek, herdando a base do pensamento de Ludwig von Mises, deu […]

Read more

IA, automação e obsolescência de recurso humano

A redução de trabalho humano repetitivo, substituído por processos mecânicos, máquinas, software capaz de aprender e decidir, buscando a maximização da eficiência produtiva, não tem limite,  especialmente com o avanço da inteligência artificial, onde pode se cogitar a substituição do trabalho humano por completo [1]. No entanto, cabe uma ponderação. Em economia de mercado desobstruído, produtos e serviços existem […]

Read more