A lei do “não sabemos”

A primeira lei da economia é a escassez, isso dr. Thomas Sowell sintetiza muito bem. A segunda lei vem de dr. Hayek: eu a chamo de lei do “não sabemos”. Não sabemos o que um consumidor vai querer precisamente, com 100% de acerto. Podemos saber o que ele quis ontem e hoje, em certo grau, […]

Read more

Dissonância e paralaxe cognitiva

  Revisado em 24/02/2019 13h12 Aprendi o significado do “viver o que se ensina” pela dor da indignação, lá pelos idos de 2003-2006 quando notava em alguns professores e alunos do seminário teológico, certas inconsistências. Eram de “mente aberta” abordando com entusiasmo determinados conceitos liberais em sala de aula, mas, tendo oportunidade de vê-los no […]

Read more

Notas sobre o socialismo brasileiro

A definição para o termo “socialismo brasileiro” neste texto pode ser controversa em uma visão liberal ou até mesmo hayekiana [1], talvez seja compreensível por um viés miseano ou austro-libertário. Para o lado canhoto, no último ciclo recessivo brasileiro (2015-2017), o Liberalismo Clássico, a Escola Austríaca e a Escola de Chicago “saíram do armário”, junto […]

Read more

Notas sobre fascismo

Nada me parece ser mais irônico do que ser chamado de “fascista” por argumentar favoravelmente à extinção de todo ordenamento regulatório que concentre no estado poder para interferir nas relações econômicas e nos costumes da população. Pude atestar na pele tal conceito do senso comum, inclusive entre acadêmicos, quando externei um entendimento sobre a CLT. […]

Read more

“You Get Tired of Being a Slave”

Imagine um contrato de trabalho onde o empregado é um terceirizado, designado para prestar serviços em outro país. Nesta concessão de mão de obra, o trabalhador não pode levar familiares e está terminantemente proibido de fixar residência no local da prestação dos serviços, se assim o desejar, após o término do contrato. Cessando o período […]

Read more

É a escassez…

  Quem já não teve que esperar por meses na fila de consulta para um renomado médico? Pode haver fartura de profissionais de medicina em um livro de um plano de saúde, mas sempre tem aquele especialista, de alta credibilidade, recomendado por muitos e que vive permanentemente com a agenda lotada por indivíduos dispostos a […]

Read more

Sobre a “extinção” do Ministério do Trabalho

  O Ministério do Trabalho (MTb) é uma dessas heranças malditas do fascismo varguista forjado no “Estado Novo”, aquela que foi a maior ditadura da história do Brasil, ignorada como tal por muitos críticos e “intelectuais” do mainstream. O varguismo é muito poderoso no Brasil, como uma paixão que aglutina desde os assumidamente socialistas até […]

Read more

Escritório contábil: uma atividade em extinção?

  Artigo revisado em 07/11/2018 21h28 O “escritório contábil”, aquela organização que oferta serviços de escrituração baseada no velho e bom método das partidas dobradas, com elaboração de livros diário, razão, demonstrações e análises técnicas dos resultados, está cada vez mais rara. É o que percebo no cotidiano de quase 30 anos trabalhando na oferta […]

Read more

Uma incógnita chamada Bolsonaro

  Intervencionismo ingênuo é o que molda a crença que governos podem gerenciar fatores econômicos com relativo êxito, sobretudo tomando (por coerção via sistema tributário) e realocando recursos por meio de subsídios e programas sociais, além de impor “regulações” no mercado. Friedrich August von Hayek, herdando a base do pensamento de Ludwig von Mises, deu […]

Read more

IA, automação e obsolescência de recurso humano

A redução de trabalho humano repetitivo, substituído por processos mecânicos, máquinas, software capaz de aprender e decidir, buscando a maximização da eficiência produtiva, não tem limite,  especialmente com o avanço da inteligência artificial, onde pode se cogitar a substituição do trabalho humano por completo [1]. No entanto, cabe uma ponderação. Em economia de mercado desobstruído, produtos e serviços existem […]

Read more

Jair Messias Bolsonaro

No antigo Egito, o supremo governante, mais conhecido como “faraó”, era considerado um “deus”, sob o mito da filiação com Osíris. Isso pode soar ridículo ao nosso tempo, mas, se pararmos um pouco para pensarmos, a política e o que se espera dos políticos são coisas que, de fato, estão na esfera do intermediário entre […]

Read more

Fascismo e nazismo são formas pragmáticas de socialismo

  Benito Almilcare Andrea Mussolini foi executado aos vinte e oito dias do mês de abril do ano de 1945, no vilarejo de Giulino di Mezzegra, Norte da Itália, ao lado de sua partidária e companheira, Clara Petacci. Os corpos foram expostos na Piazza Loreto, em Milão. Hayek abre o capítulo quatro de “O Caminho […]

Read more

Fatos e falácias masculinos e femininos

Fatos e falácias masculinos e femininos é o título do terceiro capítulo da obra “Fatos e Falácias da Economia” [1], do professor Thomas Sowell, publicada originalmente em inglês (2007), sob o título “Economics facts and fallacies”. É a leitura-base que recomendo, inclusive com boas referências bibliográficas e de pesquisas, para um início de reflexão acerca […]

Read more

Ciro Gomes

  Entre os presidenciáveis, Ciro Ferreira Gomes é, a meu ver, o que mais se aproxima da tradição fascista brasileira debutada por Getúlio Vargas nos tenebrosos anos do “Estado Novo” e que opera  fortemente no imaginário popular mediante a crença no estado corporativo. No entanto, se pode questionar, por um purismo ideológico ingênuo, que Ciro […]

Read more

E se fosse um projeto de iniciativa privada?

Uma questão que há muito tempo tem um texto em minha mente e que só agora me deu vontade de escrever, em meio à correria de suportes com o eSocial. E se o eSocial fosse um projeto de iniciativa privada? Faz sentido esta indagação? Uma economia digital de informações não é uma necessidade apenas de […]

Read more

Alckmin e as Tesouras

  A notícia no meio da tarde da última quinta-feira (19) de que Geraldo Alckmin driblou Ciro Gomes e conseguiu um acordo com o “Centrão”, ecoou, naquele instante no intraday, em 3,8% na B3. Diante dos presidenciáveis, o tucano é o candidato melhor avaliado no mercado quando se pesa o entendimento de que seria um […]

Read more

Os dois Brasis

  Estava como Dante caminhando em uma selva tenebrosa e eis que um “Virgílio” [1] me apareceu, de repente, para me fazer pensar em dois reinos que constantemente ocupam meu cotidiano. O primeiro é o reino do Brasil formal, do estado, conduzido por legislações bizarras produzidas pelo igualmente bizarro Congresso Nacional, um inferno dantesco em […]

Read more