Sobre os conselhos profissionais

Aproveitando que no próximo dia 22 se comemora o Dia do Contador, reedito minha reflexão sobre os conselhos profissionais, que são exemplos clássicos da confusão entre direitos e privilégios, tão comum no Brasil. Sob a chancela do Estado, conselhos profissionais operam como aparatos que gozam de poder de coerção e compulsão para explorar um monopólio […]

Read more

Quis custodiet ipsos custodes?

A polêmica em torno da “CPI da Lava Toga” é o antigo drama em torno de questões éticas sobre o monopólio do Estado: “Quis custodiet ipsos custodes?” ou “Quem vigia os vigilantes?”, do poeta romano Juvenal, que viveu no primeiro século d.C. O intelectual Rui Barbosa (1849-1923) me lembra desse dilema de outra forma: “A […]

Read more

Não sei quase nada…

Não sei quase nada sobre o problema da preservação da Amazônia, certamente, um dos mais complexo da história politica da humanidade. É o tipo de questão que demanda muita leitura, oitivas, conhecimento profundo sobre muitos lados, começando pelos nativos, passando pelos ambientalistas, antropólogos e outros cientistas, muitos que dedicaram a vida inteira para o tema […]

Read more

Agosto

Agosto é considerado o “mês das bruxas” na política. Vargas deu um tiro no coração em 24 de agosto de 1954, no Palácio do Catete, Rio de Janeiro. Jânio Quadro renunciou em 25 de agosto de 1961, depois de ter sido eleito para “varrer a corrupção” do Brasil. No dia 22 de agosto de 1976, […]

Read more

O velho populismo

Causa-me sempre apreensão quando vejo políticos explorando, com ardil peculiar, sentimentos coletivos de uma massa que os libertários, como este que vos escreve, chamam jocosamente de “gado”. Ultimamente têm se intensificado as ações de Bolsonaro no sentido de arrogar para si uma condição de líder carismático, suscitado por alguma força maior (divina?), escolhido pelo que […]

Read more

O preço da coerência

Não me apetece qualquer necessidade de tomar partido pelo filósofo Olavo de Carvalho, autor de obras que li e admiro enquanto o que ele representa para os assim chamados “olavetes”, a patrulha ideológica de direita que atua, sobretudo, naqueles meios “que  deram voz a uma legião de imbecis”, aqui lembrando a precisa definição para o […]

Read more

É a democracia…

O que é a democracia representativa republicana, querido Joãozinho? Indagou Mariazinha ao seu namorado. Joãozinho, um austríaco, nada lhe disse e imediatamente organizou um jantar com casais amigos com uma brincadeira muito diferente: haveria uma eleição para a escolha do prato principal. Cinco casais, dez votos e o prato vencedor seria servido a todos no […]

Read more

A nova política…

A nova política de Vitória de Santo Antão, assim como em qualquer canto do país, está repleta de indivíduos que se orgulham de não fazer parte das famílias tradicionais de políticos, mas que defendem ideias tão parecidas ou ainda piores para gastos governamentais. Sabe aquele rapazinho ou aquela mocinha de boa articulação nas palavras, universitários […]

Read more

Não é nada conservador

O presidente Bolsonaro censurou propaganda do Banco do Brasil? Sem dúvida, uma censura, algo que me parece preocupante para quem se diz conservador. 1 – Não é nada conservador quando um político se intromete em decisões administrativas de uma empresa estatal, com base em opiniões pessoais, mesmo alegando seguir uma agenda eleitoral que se auto […]

Read more

Quais os limites da liberdade de expressão?

Em setembro do ano passado, a peça “O Evangelho Segundo Jesus, Rainha do Céu” que tem como personagem central um Jesus como uma transexual, foi impedida de ser apresentada no Sesc de Jundiaí (SP), por ordem judicial [1]. Recentemente, a peça voltou a ser objeto de polêmica com o veto do prefeito de Garanhus (PE), […]

Read more

Falácias da “caixa preta” do BNDES

Na última sexta (18), o BNDES publicou uma lista com os 50 maiores tomadores de recursos [1].  A “caixa preta” não foi aberta, considerando que dados dessa natureza vinham sendo publicados pela instituição há algum tempo. Faltam os detalhes da operações, relatórios de análise de crédito, atas, rating de crédito, saldo das operações, situação cadastral […]

Read more

Notas sobre fascismo

Nada me parece ser mais irônico do que ser chamado de “fascista” por argumentar favoravelmente à extinção de todo ordenamento regulatório que concentre no estado poder para interferir nas relações econômicas e nos costumes da população. Pude atestar na pele tal conceito do senso comum, inclusive entre acadêmicos, quando externei um entendimento sobre a CLT. […]

Read more

Bolsonaro liberal? Mercado empolgado… Melhor aguardar os fatos

A B3 registrou, na primeira semana após a vitória de Bolsonaro, uma correção sobre as expectativas negativas em torno da ameaça da volta do populismo petista, e assim se ajustou indo aos 88k. O câmbio seguiu uma discreta trajetória de ajuste em queda, como efeito das mesmas precificações. A empolgação tem prazo de validade curtíssimo […]

Read more

Sérgio Moro

  Nada podemos contra a verdade, senão pela verdade, escreveu o apóstolo Paulo aos Coríntios [1]. Passados quase dois anos do acórdão da Ação Penal (AP) 470 que envolveu parte da cúpula do PT, estourou a Lava Jato (2014).  Não importa se são décadas de compadrio, se a máquina da corrupção parece invencível, a verdade sempre […]

Read more

Uma incógnita…

  Intervencionismo ingênuo é o que molda a crença que governos podem gerenciar fatores econômicos com relativo êxito, sobretudo tomando (por coerção via sistema tributário) e realocando recursos por meio de subsídios e programas sociais, além de impor “regulações” no mercado. Friedrich August von Hayek, herdando a base do pensamento de Ludwig von Mises, deu […]

Read more

Fascistas do bem

A tentativa do partido do “socialismo e liberdade”, o PSOL, em limitar o WhatsApp [1] sob o pretexto das “fake news” é uma oportunidade para se ter uma noção do quanto a  cultura de estado corporativo ainda exerce enorme fascínio, especialmente entre os que costumam acusar de “fascistas” quem defende a liberdade. A turma do […]

Read more

“Quis custodiet ipsos custodes?”

O comportamento do ministro da Segurança Pública, Raul Julgmann, diante de denúncias de fraude nas urnas eletrônicas, espelha a arrogância peculiar daqueles que militam no aparato monopolístico compulsivo e coercitivo do estado: Tratar como criminoso quem questiona a idoneidade de processos e de instituição do estado [1] como se tivesse desafiando entidades detentoras de qualidades […]

Read more

O que há por trás da militância pelo aborto?

  Friedrich Engels em  “A Origem da Família, da Propriedade Privada e do Estado” [1], se referindo ao período imediatamente anterior à “revolução neolítica”, com base na obra “A sociedade primitiva”, de Lewis Morgan [2] e em notas de Karl Marx, discorre sobre a vida em poligamia entre homens e poliandria entre mulheres, uma era […]

Read more

Um feliz novo fim do mundo

Despedida Amigos, já sobrevivi a muitos apocalipses. O primeiro aconteceu quando eu tinha 15 anos, na queda do muro de Berlim. Depois, logo outro triste fim do mundo com a extinção da União Soviética. O fim de um sonho adolescente contra o capitalismo malvadão. Naquela época eu era um socialistazinho, um bocó, e claro, quando […]

Read more