As fases da vida…

As fases da vida… Quando eu era menino, vivia como menino, fazia xixi na cama e era comunista. Chegou a juventude e Stalin me decepcionou, logo virei socialista (eufemismo para comunista envergonhado). Logo mais à frente, vi que o mercado era necessário, então virei “social-democrata” (eufemismo para socialista com medo de sair do armário) Passei […]

Read more

Por que não me envergonho do STF

O episódio do ministro Enrique Ricardo Lewandowski, no ano passado, provocado em um voo comercial por um indivíduo que se disse “envergonhado” com a corte suprema brasileira, serve para ilustrar como a ética do coletivismo, em torno do estado, tem um grande poder no imaginário popular. O resultado do julgamento de ontem (14), cujo desdobramento pode […]

Read more

Notas sobre o socialismo brasileiro

A definição para o termo “socialismo brasileiro” neste texto pode ser controversa em uma visão liberal ou até mesmo hayekiana [1], talvez seja compreensível por um viés miseano ou austro-libertário. Para o lado canhoto, no último ciclo recessivo brasileiro (2015-2017), o Liberalismo Clássico, a Escola Austríaca e a Escola de Chicago “saíram do armário”, junto […]

Read more

Notas sobre fascismo

Nada me parece ser mais irônico do que ser chamado de “fascista” por argumentar favoravelmente à extinção de todo ordenamento regulatório que concentre no estado poder para interferir nas relações econômicas e nos costumes da população. Pude atestar na pele tal conceito do senso comum, inclusive entre acadêmicos, quando externei um entendimento sobre a CLT. […]

Read more

Por que sou libertário e conservador

Considero-me bastante cético diante de toda grande tentativa de transformação social e, concomitantemente, me flagro aberto a inovações. Chefe de família que hoje tem o (redundante) rótulo de “tradicional”. Não abro mão da autonomia do lar em todos os aspectos, com papéis bem definidos, embora se alternem de acordo com as circunstâncias. Sempre me policio […]

Read more

“Lupus est homo homini non homo” (I)

  Uma antiga sentença de Plauto (254-184) “lupus est homo homini non homo” [1] usada por Thomas Hobbes (1558-1679), usada para justificar o estado democrático como produto da civilização para conter o “espírito animal”. Uma força de contenção da liberdade que se justificaria pela “teoria das paixões”[2], representando  a única maneira para o humano, “sem […]

Read more

Coraticum

Coraticum, do latim cor (coração) e aticum, sufixo que indica ação relacionada ao termo (radical) anterior. Da etimologia à epistemologia, coragem definida em imagens transmitidas da Praça Celestial, em 1989, na forma nua e crua. Não se sabe do paradeiro do incrível homem que desafiou uma fila de tanques guiados para intimidar estudantes que protestavam […]

Read more

Amoêdo e a taxação de igrejas

Não é raro observar defensores da ideia de que igrejas devem ser tributadas em relação ao que arrecadam. Há um registro de sugestão legislativa que tramita no Senado em favor do fim da imunidade tributária para entidades religiosas [1]. A “imunidade” é relativa. Atualmente, igrejas são tributadas sobre a folha de salários, em termos previdenciários, […]

Read more

Sobre o Novo

  Filiei-me ao Partido Novo [1] em novembro de 2015. Foi um ato sem esperança. Para entender o sentido, sugiro Nietzsche. Não contribuo com o Novo porque espero que o partido mude a política. Não acredito no “vota que muda”, no sentido de que a política pode evoluir eticamente. A política costuma mudar, para pior, sempre. […]

Read more

“Dinheiro público”

Do alto da montanha, fui chamado de velho gagá… Gagá talvez eu seja, maluco beleza também. Outro dia um sujeito de ilibado prestígio me recomendou um psiquiatra porque lhe dissera que “dinheiro público não existe”. Não quero beatos em minha caverna e sempre os mando embora, mas eles não arredam o pé! Por sinal, outro […]

Read more

Bolha liberal

A economia brasileira fez a curva se afastando da recessão e agora se direciona a um 2018 de crescimento modesto. No último Focus se verifica uma estimativa média de +2,76% [1]. Relatórios de atividade de diversas corretoras e consultorias são até mais otimistas e beiram os 3%. Todo o otimismo para este ano e 2019 […]

Read more

Austro-libertário

Alguém diz: Sou gay! Austro-libertário: Ok, cuide bem da sua vida, seja feliz, defenda seus valores sem invadir a privacidade alheia, sem usar o estado para impor sua “visão de mundo”. Progressista/socialista: Sua causa é a nossa causa! Vamos criar leis para que você seja aceito por quem não aprecia sua conduta sexual. Vamos punir […]

Read more