Por que não me envergonho do STF

O episódio do ministro Enrique Ricardo Lewandowski, no ano passado, provocado em um voo comercial por um indivíduo que se disse “envergonhado” com a corte suprema brasileira, serve para ilustrar como a ética do coletivismo, em torno do estado, tem um grande poder no imaginário popular. O resultado do julgamento de ontem (14), cujo desdobramento pode […]

Read more

Notas sobre fascismo

Nada me parece ser mais irônico do que ser chamado de “fascista” por argumentar favoravelmente à extinção de todo ordenamento regulatório que concentre no estado poder para interferir nas relações econômicas e nos costumes da população. Pude atestar na pele tal conceito do senso comum, inclusive entre acadêmicos, quando externei um entendimento sobre a CLT. […]

Read more

Divina Comédia

  [1] Do lugar mais fundo e denegrido O ouro negro não se encontra De uma tempestade no deserto circunda Ao círculo de Judas foi trazido. [2] “É o pai! É o pai!”, gritou um devoto de Maomé. “Quero o sangue!” clamou uma multidão cambaleante. Cornígeros demônios açoitando Com grandes azorragues que não cessam. [3] […]

Read more

Bolsonaro liberal? Mercado empolgado… Melhor aguardar os fatos

A B3 registrou, na primeira semana após a vitória de Bolsonaro, uma correção sobre as expectativas negativas em torno da ameaça da volta do populismo petista, e assim se ajustou indo aos 88k. O câmbio seguiu uma discreta trajetória de ajuste em queda, como efeito das mesmas precificações. A empolgação tem prazo de validade curtíssimo […]

Read more

Sérgio Moro

  Nada podemos contra a verdade, senão pela verdade, escreveu o apóstolo Paulo aos Coríntios [1]. Passados quase dois anos do acórdão da Ação Penal (AP) 470 que envolveu parte da cúpula do PT, estourou a Lava Jato (2014).  Não importa se são décadas de compadrio, se a máquina da corrupção parece invencível, a verdade sempre […]

Read more

Uma incógnita chamada Bolsonaro

  Intervencionismo ingênuo é o que molda a crença que governos podem gerenciar fatores econômicos com relativo êxito, sobretudo tomando (por coerção via sistema tributário) e realocando recursos por meio de subsídios e programas sociais, além de impor “regulações” no mercado. Friedrich August von Hayek, herdando a base do pensamento de Ludwig von Mises, deu […]

Read more

Um feliz novo fim do mundo

Despedida Amigos, já sobrevivi a muitos apocalipses. O primeiro aconteceu quando eu tinha 15 anos, na queda do muro de Berlim. Depois, logo outro triste fim do mundo com a extinção da União Soviética. O fim de um sonho adolescente contra o capitalismo malvadão. Naquela época eu era um socialistazinho, um bocó, e claro, quando […]

Read more

Rali 2022 já começou

O “rali” presidencial para 2022 já começou e quem deu o mote foi Cid Gomes, o irmão de Ciro Gomes. Depois que Haddad e comitiva de comunistas, ideólogos de gênero e abortistas, posaram de “conservadores”, se vestiram de verde e amarelo, tentando se passar por bolsonaristas, foram a uma missa e receberam a hóstia consagrada, […]

Read more

13 motivos para votar no PT

Do alto da montanha, quebrando a paz e o silêncio das preces, adentrou em minha caverna um grupo de jovens bocós travestidos de uma vestimenta alaranjada, com o nome de uma organização FDP de banqueiros globalistas, cujo idiota dono deste blog é filiado. Nada vos falei. Calados entraram e calados saíram. Mas, vendo como a […]

Read more

Democracia NÃO é sinônimo de liberdade

Em tempos de dramas eleitorais, o Burger King publicou um comercial sobre o voto em branco. Diz a descrição do vídeo, no YouTube, que “votar em branco é um direito seu. Mas olha o que acontece quando você abre mão do seu direito de escolha”. A proposta parece inteligente, apenas parece… O apelo contra o […]

Read more

Jair Messias Bolsonaro

No antigo Egito, o supremo governante, mais conhecido como “faraó”, era considerado um “deus”, sob o mito da filiação com Osíris. Isso pode soar ridículo ao nosso tempo, mas, se pararmos um pouco para pensarmos, a política e o que se espera dos políticos são coisas que, de fato, estão na esfera do intermediário entre […]

Read more

Prestes a completar 30 anos

O Constituição Federal de 1988 (CF/88) está prestes a completar 30 anos e a melhor definição sobre a “carta magna” vem de Roberto Campos em uma palestra proferida em 1988: Um besteirol socialista que fez o país saltar de uma carga tributária de 20,1 no final dos anos 1980, para 33% do PIB], além de […]

Read more

Ciro Gomes

  Entre os presidenciáveis, Ciro Ferreira Gomes é, a meu ver, o que mais se aproxima da tradição fascista brasileira debutada por Getúlio Vargas nos tenebrosos anos do “Estado Novo” e que opera  fortemente no imaginário popular mediante a crença no estado corporativo. No entanto, se pode questionar, por um purismo ideológico ingênuo, que Ciro […]

Read more

Os dois Brasis

  Estava como Dante caminhando em uma selva tenebrosa e eis que um “Virgílio” [1] me apareceu, de repente, para me fazer pensar em dois reinos que constantemente ocupam meu cotidiano. O primeiro é o reino do Brasil formal, do estado, conduzido por legislações bizarras produzidas pelo igualmente bizarro Congresso Nacional, um inferno dantesco em […]

Read more

Democracia

O que é a democracia? José e Maria saíram para um almoço no dia dos namorados com outros cinco casais. Chegaram a um restaurante e José resolveu fazer uma brincadeira: uma eleição para estabelecer o prato principal a ser consumido por todos. Abriram a caixinha que serviu de urna: 3 votos para picanha 2 votos […]

Read more

Novo

O jornalista Bernardo Küster publicou ontem (4) um vídeo [1] sobre o envolvimento do Partido Novo na Agenda 2030, da ONU. Küster voltou a abordar o assunto hoje (5) em outro vídeo [2]. Alinhar-se a proposições da ONU não combina com uma instituição que diz priorizar o indivíduo e o livre mercado. Porém, não fiquei […]

Read more

“Fragilista”

Um tipo epidêmico na decadente pós-modernidade é o “fragilista”, termo trabalhado por Nassim Nicholas Taleb em “Antifrágil”. “Fragilista” é um sujeito que acredita no poder de intervenção, na própria dominância exercida sobre indivíduos e organizações que o cercam. Os mais extremos caem na compulsão extrema, usando de todo aparato coercitivo que estiver ao seu alcance, cuja […]

Read more

Os erros fatais do socialismo – Por que a teoria não funciona na prática

Para quem deseja um resumo do pensamento de Friedrich August von Hayek, recomendo “Os Erros fatais do socialismo – Por que a teoria não funciona na prática”, produzida no crepúsculo de sua vida, com a saúde debilitada, contando com a ajuda de sua assistente, Charlotte Cubitt. Hayek, no meu entendimento, foi o maior economista do […]

Read more

Privatização e corrupção

Existe “político do bem”? Sim, sem dúvida há pessoas bem intencionadas na política. Há indivíduos caridosos no estado e outros que desejam ingressar na vida pública. No entanto, a política, pela forma como o estado a promove, não permite que “pessoas de bem” sobrevivam nessa condição moral, por muito tempo. Alguns dizem que a política […]

Read more