Dissonância e paralaxe cognitiva

  Revisado em 24/02/2019 13h12 Aprendi o significado do “viver o que se ensina” pela dor da indignação, lá pelos idos de 2003-2006 quando notava em alguns professores e alunos do seminário teológico, certas inconsistências. Eram de “mente aberta” abordando com entusiasmo determinados conceitos liberais em sala de aula, mas, tendo oportunidade de vê-los no […]

Read more

Natal

  O Natal cristão em 25 de dezembro é uma data simbólica, seguindo diversas tradições que foram aproveitadas de crenças “pagãs”. Nestes termos, há quem veja o Natal cristão apenas como o resultado da influência política na substituição do Natal do “sol invictus” pela celebração do “Menino-Deus” de uma igreja até então sob as conveniências do Império Romano. […]

Read more

A Milano

Foto Ilustrativa: Philippe de Champaigne Se eu fosse católico seria um devoto de Santo Agostinho de Hipona (354-430). Identifiquei-me imediatamente com os escritos dele a partir de sua obra mais famosa, Confissões. Nos diálogos com Adeodato [1], De Magistro (Do Mestre), destaco o que considero ser uma síntese sobre o pensamento teológico do maior ícone da […]

Read more

Sören Aabye Kierkegaard

Não vou falar de um cinco de maio face aos dos 200 anos daquele “filósofo” [1] que deixou a família na miséria, viveu à custa de um amigo rico e igualmente oportunista. Não vou falar de um sujeito que não cuidou bem dos filhos, mas queria salvar o mundo, cujo aniversário é celebrado por incautos […]

Read more

À escuta do Outro

À escuta do Outro, obra de Bruno Forte, teólogo italiano, católico-romano, tem no Capítulo IV, uma curiosa crítica à abordagem antropológica existencial de Rudolf Bultmann, um dos teólogos protestantes que mais influenciaram minha formação cristã na passagem pelo Seminário. Foi a ultima indicação de leitura que recebi em 2006, do grande professor de filosofia, João […]

Read more